fbpx

 

Você sabe quais são as funções de um porteiro de condomínio? Não confunda as atribuições desse profissional essencial!

 

Quando chegamos a um condomínio o primeiro “cartão de visita” é o seu porteiro. Além de autorizar a entrada de pessoas, sendo fundamental para a segurança, o porteiro deve manter um clima cordial e profissional na portaria. É importante ressaltar junto aos condôminos o papel do porteiro, destacando o que se pode ou não pedir a ele.

CONTROLE DE VISITANTES

• O porteiro deve sempre interfonar para a unidade, e apenas o morador pode autorizar a entrada.

• O porteiro deve manter-se dentro da portaria e usar o porteiro eletrônico para se comunicar com o visitante, mesmo que seja chamado.

• Mesmo que a visita seja regular, é preciso checar a autorização com o morador todas as vezes.

RECEBIMENTO DE ENCOMENDAS

• Para serviços de delivery, o porteiro deve solicitar que o morador venha retirar o pedido, evitando a entrada de estranhos.

• Entregas de pacotes também devem ser comunicadas ao morador, que deverá assinar o recibo. O porteiro poderá receber o volume se não houver ninguém na unidade, mas nesse caso o entregador também não deverá entrar no condomínio.

PRESTADORES DE SERVIÇO

• O porteiro só deverá deixar entrar prestadores de serviço após a confirmação junto ao morador.

• Em caso de dúvida, o porteiro pode recorrer ao zelador, ao síndico ou à administradora do condomínio, para confirmar o pedido de serviço ou manutenção.

• O porteiro deve fazer a identificação do suposto funcionário junto à empresa em questão.

• Após ter deixado o prestador de serviço entrar, o porteiro deve fazer um registro com o nome completo e dados da pessoa.

• Em caso de obras, deve deixar entrar somente os funcionários cadastrados. Se houver mudança na equipe de obras, o zelador, síndico ou administradora devem ser comunicados antes.

DIA A DIA

• O porteiro deve ser cordial com os moradores e sempre evitar deixar a portaria desassistida.

• O porteiro deve receber e distribuir as correspondências com todo o cuidado e sigilo.

• O porteiro deve sempre alertar o síndico ou administradora sobre qualquer problema ou incidente acontecido no condomínio.

• As condutas pessoais devem ser observadas: higiene (uniforme e cuidados pessoais), não manter conversas que atrapalhem sua função, não comentar fora do local de trabalho sobre o cotidiano do condomínio, manter a pontualidade, manter portões e demais acessos fechados, observar os horários de recolhimento de lixo, entre outros.

O QUE NÃO PEDIR AO PORTEIRO

• Descumpra as regras do condomínio.

• Carregue sacolas de compras.

• Manobre carros na garagem.

• “Fique de olho” nas crianças.

• “Sempre libere tal pessoa”.

• Guarde chaves das unidades ou de automóveis na portaria.

Guarde essas dicas e tenha o melhor relacionamento possível com esse profissional tão importante no dia a dia dos condomínios!